Você sabia que todos os objetos e pessoas ressoam em uma determinada frequência energética? Todos os produtos que utilizamos e os ambientes que frequentamos vibram em uma frequência e emitem energia? Preste atenção em como você se sente quando entra em um ambiente em que as pessoas estão tristes, chateadas ou com raiva.

Você começa a se sentir assim, certo? E quando você entra em um ambiente que as pessoas estão rindo, festejando e cantando? Você se sente feliz também, não é?

Isso é energia. Todos nós somos energia condensada e vibramos em uma frequência. Quando estamos doentes, estressados, depressivos, com raiva, nossa frequência energética fica mais baixa. Quando estamos felizes, fluindo na nossa vida, nossa frequência aumenta.

Agora vamos falar sobre os produtos que a gente usa. Sabia que uma roupa feita por pessoas em situação de trabalho de escravidão ou precária pode estar impregnada com uma energia tão negativa que você poderá senti-la? Por isso, gente, vamos cuidar daquilo que ingerimos (alimentos, bebidas, sentimentos). Cuidar dos nossos pensamentos e começar a prestar atenção naquelas coisas que utilizamos em nossa casa e no nosso corpo, morada da nossa alma.

Fiz um experimento interessante. Como radiestesista, propus-me a medir a frequência energética de duas marcas de sabonetes muito conhecidas. E eis minha surpresa em verificar que o produto que usamos pra limpar nosso corpo tem uma frequência tão baixa, praticamente no nível de enfermidade degenerativa, de acordo aos fundamentos do biômetro de Bovis.

Portanto, vamos refletir sobre nossos hábitos e mudar aquilo que não soma à nossa frequência energética. Afinal, como seres de energia que somos, precisamos nos envolver de vibrações elevadas (aí, cada um vai buscando a sua forma... uns pelas músicas, outros pelas meditações, pelas orações, com trabalhos prazerosos, nos exercícios e muitas outras possibilidades mais.

Diga Sim à Felicidade

Psicóloga Carolina Mirabeli CRP 06/69647

Rua Padre Chico, 221 conj. 616 Perdizes São Paulo-SP- Brasil