A perspectiva do "Olhar Através" na Saúde Integrativa


Em países europeus, a Medicina Integrativa já é muito conhecida e difundida entre as pessoas. Formações em Antroposofia, Medicina oriental e Práticas energéticas são cotidianas no tratamento de doenças, sejam elas quais forem. Olhar o ser humano “através da situação”, com uma abordagem centrada no paciente e na saúde, valorizando a individualidade e considerando as dimensões emocional, mental, física e espiritual são importantes e tão relevantes quanto a dimensão do processo de adoecimento.

O paciente é, assim, colocado como personagem principal e atuante no seu processo de saúde e cura, através de atividades de educação, autoeducação e cuidados integrativos.

Por que escrevo sobre isso?

Porque minha missão enquanto profissional da saúde através da abordagem integrativa é também esclarecer que pensamentos e sentimentos, sejam eles conscientes ou inconscientes, tem uma responsabilidade primordial na criação de uma vida saudável e do bem estar, assim como uma vida de doenças e sofrimentos.

Por isso, quando uma pessoa chega até mim, sempre procuro detalhar e entender a dinâmica sócio-ambiental-espiritual-emocional-mental que pode estar causando ou contribuindo para este ou aquele sofrimento, dor, doença ou vida escassa.

Nós fomos criados para a perfeição, para nos desenvolvermos enquanto alma, para a busca continua da educação para nosso aprimoramento enquanto seres espirituais vivendo uma experiência terrena. Portanto, procurar compreender o significado mais profundo ligado às situações que vivemos faz parte do nosso desenvolvimento. Vamos procurar praticar o “olhar através”, buscando o caminho além do mundo material, visível a olho nu.

Dessa forma, poderemos aprofundar nossos conhecimentos em um tratamento que amplia a visão da saúde, que traz o sintoma como um aviso da alma. Algo não está bem, além da doença física, que precisa ser olhado, trabalhado, explorado para a verdadeira cura. Como sempre digo, colocar curativo é paliativo. Enquanto pretendermos nos “livrar” de uma doença, dor ou sintoma, recorrendo a remédios ou outras terapias imediatistas, não faremos a verdadeira cura.

Atualmente existem diversas terapias integrativas e complementares de saúde que proporcionam essa ajuda para o “olhar através”. Em muitas sociedades, elas já são disseminadas e estudadas cientificamente. Aqui vamos avançando devagar, através de pesquisas e aplicações em universidades de renome.

Essa é a minha missão ao trabalhar com essas técnicas e unir essa visão na Experiência Crystal. Vamos, então, fortalecendo o conhecimento nessas áreas, podendo ampliar nosso horizonte na saúde integral e no cuidado da pessoa como um ser físico- mental-espiritual.

Diga Sim à Felicidade

Psicóloga Carolina Mirabeli CRP 06/69647

Rua Padre Chico, 221 conj. 616 Perdizes São Paulo-SP- Brasil